Angola tem um aeroporto internacional e 17 aeroportos provinciais, e uma empresa estatal aérea nacional. Angola Airlines (TAAG - Linhas Aéreas de Angola), que oferece vôos domésticos e internacionais.

Outras companhias aéreas, incluindo TAP, Air France,
South African Airways, Ethiopian Airlines, Air Gabon, British Airways, Air Namíbia, Sabena, Luphtansa e Aeroflot operam em rotas internacionais a partir do aeroporto de Luanda.

Em 2005 a TAAG adquiriu nove novas aeronaves Boeing (três são 777 para vôos de longo curso e seis 737 para vôos domésticos).

Em 2011 a TAAG reforça a sua frota com a aquisição de 2 novos Being 777-300/ER para operar vôos de longo curso.
Estas aeronaves estão dotadas da mais recente tecnologia aeronáutica actual e vão juntar-se assim aos existentes Boeing 777-200/ER que operam as rotas de Lisboa, Pequim, Dubai, Rio de Janeiro, São Paulo, Pretória e Joanesburgo
.

Boeing 777-300ER

(clique aqui para ver a galeria de vídeos do Boeing 777-300/ER)

O aeroporto de Luanda tem a fama de estar entre os 30 aeroportos mais movimentados do mundo. No norte da capital angolana, Luanda, o trabalho de construção de um novo aeroporto internacional angolano começou. Também em andamento estão os estudos para a reconstrução e modernização do aeroporto da província do Huambo para servir como uma alternativa para Luanda. A maioria das capitais provinciais têm aeroportos domésticos, bem como alguns municípios.