Skip Ribbon Commands
Skip to main content
SharePoint
NOVAS LOCOMOTIVAS PARA O CFL

O ministro dos Transportes, Drº Augusto da Silva Tomás, deu a conhecer nesta sexta-feira, dia 30 de Outubro, que vão ser adquiridas novas locomotivas fabricadas nos Estados Unidos, Europa e China, no âmbito do projecto de modernização do Caminho de Ferro de Luanda (CFL).

 

De acordo com o ministro, que discursava na cerimonia de lançamento do livro 'Caminho-de-ferro de Luanda 127 anos, uma história viva', alusivo ao aniversário daquela empresa pública, o projecto prevê a construção de oficinas e um centro de formação para capacitar os quadros da empresa. Estão contempladas no projecto do Executivo programas de sensibilização cívica das populações sobre os cuidados a ter com os bens públicos, acrescentou o ministro.


O ministro informou que um segundo ramal do CFL, com seis estações multifuncionais e quatro passagens aéreas para peões, é construído a partir do próximo ano, com o objectivo de ligar com mais rapidez e segurança pessoas e bens entre o centro da cidade e o novo aeroporto, que fica operacional no primeiro trimestre de 2017.


A nova era que o Caminho-de-ferro de Luanda vai permitir o surgimento de uma rede ferroviária integrada entre o centro e norte da capital e desenvolver de forma positiva a actividade nos sectores da economia e dos serviços.


Na sua mensagem contida no livro do CFL, Augusto Tomás sublinhou que o caminho-de-ferro permitirá, assim, que o nosso país se desenvolva, com harmonia, em todo o seu território, se verifique o progresso econômico-social e o bem-estar das populações.