Ignorar Comandos do Friso
Saltar para o conteúdo principal
SharePoint
LIVRO SOBRE TRANSPORTES PREENCHE VAZIO LITERÁRIO DO SECTOR

 

O ministro dos Transportes, Augusto da Silva Tomás, considerou  sexta-feira, em Luanda, o lançamento do livro intitulado "Transportes um sector de linha da frente, evolução histórica e novas dinâmicas", como um dos instrumentos que vai preencher o vazio literário existente no sector.

O governante, que falava no acto de lançamento da obra escrita por um dos quadros do Ministério dos Transportes, Luís Paulo, afirmou que a iniciativa vai ajudar os estudantes, académicos e políticos em saber mais sobre o sector e a sua importância no desenvolvimento da economia nacional.

O livro descreve e analisa os 41 anos de existência do sector em termos de organização e gestão empresarial.

Prefaciado por Manuel Nunes Júnior, professor titular da Universidade Agostinho Neto (UAN), a obra é composta por quatro capítulos e 132 páginas, narra também a história da criação do Ministério dos Transportes, desde 1976 a 2017, o perfil das principais figuras que dirigiram, assim como a do actual ministro, Augusto da Silva Tomás.

Na ocasião, Luís Paulo explicou que a obra aborda, entre outros temas, o surgimento dos institutos públicos no sector dos transportes, desde 2005, descrição das empresas públicas do sector, o seu campo de actuação e o contributo que têm vindo a dar para o desenvolvimento da economia do país.

Por outro lado, o antigo ministro dos Transportes, Carlos Fernandes, louvou a iniciativa e apela o autor a continuar a escrever e que a semelhança desta haja outras obras.

Luís Paulo é quadro sénior do Ministério dos Transportes, exerce o cargo de director do Gabinete de Comunicação Institucional e Imprensa (GCII). Foi assessor de imprensa e chefe do Centro de Documentação e Informação do Ministério dos Transportes. Trabalhou no Jornal de Angola como jornalista. É licenciado em direito pela Universidade Agostinho Neto.