Ignorar Comandos do Friso
Saltar para o conteúdo principal
SharePoint
COMPLEXO HABITACIONAL DR. JOSÉ CARLOS GOMES TRABALHADORES DO PORTO DO LOBITO DESTACAM APOIO SOCIAL NOS TRANSPORTES

Os trabalhadores do Porto do Lobito na Província de Benguela destacaram hoje, 14 de Agosto, o programa de apoio social implementado pelo Ministério dos Transportes, com vista a melhoria das condições de habitabilidade dos quadros do sector.

A manifestação vem expressa numa mensagem transmitida hoje em nome dos trabalhadores pelo primeiro secretário da Comissão Sindical do Porto do Lobito, José Domingos Pontes, durante a inauguração do Condomínio Habitacional da empresa, cerimónia presidida pelo ministro dos Transportes, Augusto da Silva Tomás, na presença do governador da Província de Benguela, Rui Luís Falcão Pinto de Andrade.

Ao usar da palavra, o ministro dos Transportes, Augusto da Silva Tomás, anunciou que o recinto ora inaugurado passará a denominar-se "CONDOMÍNIO HABITACIONAL DR.JOSÉ CARLOS GOMES, em homenagem a um dos mais destacados quadros do sector falecido recentemente,  o que motivou de imediato dos trabalhadores uma enorme satisfação, demonstração de palmas e assobios ininterruptos ao meio de muita emoção.

Do condomínio hoje inaugurado, contam-se 120 apartamentos modernos  de um total de 15 edifícios,  localizados no bairro da Luz, no Lobito.

Com este projecto a Empresa Portuária do Lobito deu a sua contribuição no quadro da sua responsabilidade social,  atribuindo aos quadros trabalhadores uma habitação condigna, respondendo assim as preocupações do Executivo, segundo disse o presidente do Conselho de Administração do porto Ana Paz de Jesus Neto.

Além da entrega das chaves do condomínio habitacional no bairro da Luz, o ministro dos Transportes, Augusto da Silva Tomás, e o governador de Benguela, Rui Luís Falcão Pinto de Andrade, descerraram a placa do Terminal de Carga do Aeroporto Internacional da Catumbela.

 

José Carlos Gomes foi um quadro destacado do sector dos transportes com várias décadas de serviço exemplar.  Em nota de condolência, o Ministério dos Transportes lamentou a perda, destacando o seu quadro como um dos angolanos que desempenhou com brio e abnegação os cargos de direcção no Porto do Lobito e no CFB.

 

Já o MPLA, através do seu Bureau Político, recorda José Carlos Gomes"como um militante consequente e cidadão exemplar, que fez do trabalho socialmente útil o seu modo de vida, tanto no Partido como no Estado angolano".

Ex-membro do Comité Central do MPLA, exerceu os cargos de coordenador da Comissão Directiva de Benguela, na segunda metade da década de 70, de director do Departamento de Organização do Comité Central, e, actualmente, o de membro do Comité Provincial de Benguela.

Foi, ainda, membro da Direcção da União Nacional dos Trabalhadores Angolanos (UNTA), director-geral do Porto do Lobito e, até à data da sua morte, presidente do Conselho de Administração do Caminho-de-Ferro de Benguela.